Coronavírus Região

Três novos infetados no Hospital da Guarda

Há dois casos de infetados por coronavírus no distrito da Guarda, uma mulher do concelho de Aguiar da Beira e, agora, um segundo caso, uma mulher de Almeida.

Há três novos infetados com o novo coronavírus confirmados no Hospital da Guarda. Destes, só um será do distrito, uma mulher de 78 anos do concelho de Almeida.

No Hospital da Guarda estão agora internadas sete pessoas, dos nove resultados positivos. Assim, há dois casos de infetados por coronavírus no distrito da Guarda, uma mulher do concelho de Aguiar da Beira e, agora, um segundo caso, uma mulher de Almeida. Esta senhora, segundo relato feito a O INTERIOR,  será emigrante em França de onde regressou para assistir a um batizado no fim de semana passado numa freguesia do concelho de Almeida.  

Em Portugal, nesta tarde de domingo, estão confirmadas 14 mortes devido ao coronavírus. E estão confirmados 1600 casos. De acordo com a DGS, há mais 320 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus do que no sábado.

De acordo com as informações disponibilizadas no Boletim Epidemiológico, há 1.152 casos que aguardam resultado laboratorial. Existem cinco casos recuperados e 12.562 contatos em vigilância pelas autoridades de saúde, menos 4,5 por cento face a sábado (13.155).

Neste momento haverá 169 pacientes internados a nível nacional, sendo que 41 estão nos cuidados intensivos.

Das 1.600 pessoas infetadas pelo novo coronavírus, a maioria (1.431) está a recuperar em casa. Desde o início do ano foram contabilizados 11.779 casos suspeitos.

De acordo com o mapa da situação, existem já 180 casos na região Centro, 825 casos na região Norte, 534 na região de Lisboa e vale do Tejo, cinco no Alentejo, 35 casos confirmados no Algarve, sete casos na Madeira e quatro nos Açores.

De acordo com a DGS, 33 casos resultam da importação do vírus de Espanha, 24 de França, 20 de Itália, nove da Suiça, quatro do Brasil, sete do Reino Unido, cinco dos Países Baixos, dois de Andorra, dois dos Emirados Árabes Unidos, um da Bélgica, outro da Alemanha e Áustria, dois da Índia e ainda outro do Irão.

 

Sobre o autor

Luís Baptista-Martins

Deixar uma resposta