Coronavírus Sociedade

BE pede isenção geral do pagamento da água no distrito da Guarda

Escrito por Luís Martins

O Bloco de Esquerda da Guarda apela aos aos 14 municípios do distrito que isentem famílias e empresas do pagamento de água, saneamento e resíduos, devido à pandemia do coronavírus.

Em comunicado, a Comissão Coordenadora Distrital do BE refere que o estado de emergência em vigor no país, que obriga ao isolamento/quarentena dos habitantes e ao fecho de muitas empresas/comércio local, vai originar «certamente mais despesas» para as famílias e empresários. Já o consumo de água aumentará «em virtude da prevenção e controle da propagação da Covid-19 aquando da lavagem frequente das mãos, maior frequência de lavagem da roupa, mais realização de banhos de todo o agregado familiar», exemplifica o BE.

Perante este cenário, a estrutura distrital do Bloco, coordenada por Bruno Andrade, pede a todos municípios do distrito da Guarda «que venham a isentar todos os agregados familiares e respetivas empresas dos respetivos concelhos de qualquer pagamento do consumo de água, saneamento e resíduos, durante o período em que esta pandemia estiver ativa». O dirigente acrescenta que «temos consciência de que tal medida terá impacto nas contas das autarquias. Contudo, entendemos que situações de exceção merecem, sem dúvida, medidas de exceção».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta