Região

Comissão Europeia certifica “Cereja do Fundão” como indicação geográfica protegida

Escrito por Luís Martins

A “Cereja do Fundão” é a nova indicação geográfica de Portugal no Registo de Indicações Geográficas Protegidas da União Europeia, anunciou esta terça-feira a Comissão Europeia.

Proveniente da cerejeira Prunus avium, esta variedade goza «de grande notoriedade em Portugal e no estrangeiro e tornou-se um dos principais ex libris do concelho do Fundão, das freguesias de Louriçal do Campo e Lardosa (concelho de Castelo Branco) e das freguesias de Ferro e Peraboa (concelho da Covilhã)», refere a CE em comunicado.

A Comissão acrescenta que as cerejas impulsionaram «fortemente a economia local, tendo duplicado o valor gerado no espaço de uma década e proporcionando 1.500 postos de trabalho». O registo da “Cereja do Fundão” vai juntar-se a mais de 1.470 produtos alimentares já protegidos, cuja lista está disponível na base de dados eAmbrosia.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta