Política

PS considera «escandaloso» contrato da Câmara da Guarda com Pedro Gandanho

Escrito por Luís Martins

António Monteirinho considera que a Câmara da Guarda celebrou um «contrato ruinoso» com o diretor executivo da candidatura da cidade a Capital Europeia da Cultura em 2027, Pedro Ganhado.

«É ruinoso e desleal para com os guardenses pelos valores que implica», sustentou o deputado municipal do PS na Assembleia Municipal da Guarda, que se realiza hoje no grande auditório do TMG.

Segundo o socialista, a autarquia celebrou um  contrato de prestação de serviços com Pedro Gadanho, que vai cobrar 120 mil euros mais IVA até 2021. «São mais de 7 mil euros por mês. É um contrato milionário e escandaloso», exclamou António Monteirinho.

Na resposta, Carlos Chaves Monteiro, presidente da Câmara, concordou que «é um valor elevado, mas os bons profissionais fazem-se pagar bem». Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta