Economia

Fundo de Recuperação vai garantir 15,3 mil milhões de euros a Portugal

Escrito por Luís Martins

O primeiro-ministro revelou esta segunda-feira que Portugal irá receber 15,3 mil milhões de euros do Fundo de Recuperação, segundo acordo de princípio alcançado pelos líderes da União Europeia na última madrugada, que considerou «bom», apesar de menos ambicioso que o plano original.

«Acho que é um bom acordo, ficou no limite daquilo que faria que com que este fundo não fosse um fundo suficientemente robusto para responder a esta primeira fase da crise. E, na combinação entre empréstimos e subvenções, acho que ficaremos com um fundo que terá 700 mil milhões de euros. É de qualquer forma um passo histórico ser constituído um fundo desta natureza com base na emissão de dívida pela Comissão», afirmou António Costa aos jornalistas, em Bruxelas.

O chefe do Governo português falava antes do início formal do quarto dia de Conselho Europeu dedicado ao plano de relançamento da economia europeia face à crise da Covid-19, tendo salientado que «algo que é importante é que, nesta redução significativa do montante global do Fundo», a nível de transferências a fundo perdido «foi possível no essencial proteger aquilo que eram os envelopes nacionais».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta