Cultura

Morreu escritor Luís Sepúlveda, vencedor do Prémio Eduardo Lourenço em 2016

Escrito por Luís Martins

O escritor chileno Luís Sepúlveda, autor de obras como “O Velho que Lia Romances de Amor” e “História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar”, morreu esta quinta-feira vítima de Covid-19.

O romancista tinha 70 anos e recebeu, em 2016, o Prémio Eduardo Lourenço, atribuído pelo Centro de Estudos Ibéricos, na Guarda. Luís Sepúlveda estava internado no Hospital Universitário Central das Astúrias (Oviedo) desde o final de fevereiro, poucos dias depois de ter estado em Portugal, na Póvoa de Varzim, onde participou no festival Correntes d’Escritas.

Também a mulher, de 66 anos, foi internada devido à doença. Inicialmente, o escritor terá dado entrada num centro de saúde privado, em Gijón, onde foi diagnosticado com pneumonia aguda. Contudo, depois dos exames, confirmou-se estar infetado com Covid-19.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta