Sociedade

UBI mantém as 1307 vagas do ano passado

Escrito por Sofia Craveiro

Na Universidade da Beira Interior (UBI) vão abrir 1307 vagas, para licenciaturas e mestrados integrados no ano letivo 2020/2021, segundo informação divulgada pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES). Este número mantém-se inalterado desde 2018, embora exista uma nova licenciatura nesta instituição.

O curso com o maior número de lugares a preencher é medicina, com um total de 140 vagas. Segue-se Engenharia Informática e Gestão com 70 vagas. Este último viu o número aumentar, comparativamente aos 65 lugares disponíveis no ano passado. Ciências Biomédicas, Ciências Farmacêuticas e Ciências do Desporto terão as mesmas 60 vagas (cada). A nova licenciatura em Física e Aplicações terá o mesmo número de vagas da licenciatura lançada em 2019, Matemática e Aplicações: 20.

De acordo com a informação divugada pela DGES, no âmbito do regime geral de acesso 2020 serão disponibilizadas um número total de 52129 vagas no país, incluindo 51408 vagas destinadas ao concurso nacional e 721 vagas destinadas aos concursos locais. Estes números representam «um aumento de 1% face ao número de vagas disponibilizadas no ano anterior» sendo que o «número de vagas disponibilizadas nas instituições localizadas em regiões com menor pressão demográfica cresce 2% quando comparado com o ano letivo anterior, enquanto o número de vagas nas demais regiões cresce 0.8%».

O aumento de vagas face ao ano anterior inclui também «mais 240 vagas nos cursos com maior concentração de melhores alunos em Lisboa e no Porto, crescendo 16% face ao ano anterior», diz a DGES.

Numa nota enviada às redações a mesma entidade acrescenta ainda que «as vagas agora colocadas a concurso estão em linha com as medidas de políticas públicas adotadas nos últimos anos para promover um maior e mais inclusivo acesso ao ensino superior, com maior coesão territorial».

O prazo de candidatura à 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público decorre entre 7 a 23 de agosto. 

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta