Sociedade

Dois detidos por violência doméstica na Covilhã ficam com pulseira eletrónica

Escrito por Luís Martins

A GNR anunciou a detenção, na Covilhã, de dois homens por violência doméstica.

Segundo o Comando Territorial de Castelo Branco, os suspeitos têm 52 e 69 anos e foram detidos por elementos do Núcleo de Investigação Criminal da Covilhã e do posto do Tortosendo na passada quinta-feira. «Os militares apuraram que os suspeitos agrediam, ameaçavam e ofendiam, de forma reiterada, há vários anos, as suas esposas, de 40 e 71 anos, respetivamente, causando medo e insegurança», adianta a GNR em comunicado.

A investigação culminou com a emissão de dois mandados de detenção, «dado o perigo de continuidade da violência praticada». Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial da Covilhã, que aplicou a ambos como medidas de coação a proibição de permanecerem e de se aproximarem da residência e de proibição de contacto por qualquer meio ou forma com as vítimas, o que será assegurado através de pulseira eletrónica.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta