Sociedade

Chaves Monteiro quer avançar com centro de produtos agrícolas

Escrito por Sofia Craveiro

Durante a sessão de apresentação da Feira Farta (decorrida no dia 13 de setembro) Carlos Chaves Monteiro, na qualidade de Vice-presidente da Pró-Raia – Associação para o Desenvolvimento Integrado da Raia Centro Norte, voltou a mencionar um projeto que se encontra na gaveta há cerca de cinco anos: a construção de um centro de produtos agrícolas na plataforma logística da Guarda.
«Queremos – em conjunto com associações de produtores ou isoladamente – fazer uma candidatura para criar na PLIE um centro de recolha, armazenamento, calibragem e distribuição de produtos agrícolas produzidos na região», afirmou o edil, que “aproveitou” a apresentação do certame para mencionar o projeto. De acordo com Carlos Chaves Monteiro, a iniciativa, que iria envolver «trabalho intenso de rede com os diversos agentes de desenvolvimento económico», prende-se com a criação de uma plataforma que irá permitir aos produtores agrícolas «escoar a sua produção», através do recurso a «mercados curtos, para evitar intermediários e aproximar o produtor do consumidor final».

O centro iria, assim, envolver a integração de uma componente de venda online, que possibilitaria a venda direta ao consumidor.O edil guardense adiantou que a Câmara iria auxiliar o projeto na parte referente às infraestruturas e, eventualmente, apoiar no processo de distribuição, mas ressalvou que «não queremos gerir» o funcionamento do novo centro.

De resto, Carlos Chaves Monteiro chamou à atenção para o facto do «projeto não se esgotar na concretização do edifício», sendo preciso que «haja envolvimento das associações» do setor agrícola da região.

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta