Sociedade

Centristas defendem criação da Rede de Cuidadores no concelho da Guarda

Escrito por Jornal O Interior

Os deputados do CDS-PP na Assembleia Municipal da Guarda defendem a criação de «uma rede capilar de solidariedade e apoio aos idosos mais desfavorecidos».

Numa carta dirigida ao presidente da Câmara, Henrique Monteiro e José Carlos Breia Lopes dizem-se apreensivos com o evoluir da pandemia da Covid-19 na população mais idosa e consideram «imperativa a adoção de medidas mitigadoras do impacto da doença nesta faixa etária» da população. Os centristas recordam ter apresentado na Assembleia Municipal uma proposta para a criação de uma Rede de Cuidadores no Concelho da Guarda, que foi aprovada a 18 de dezembro de 2018 por ser considerada «uma urgência», mas «neste momento, já é uma emergência». Defendem, por isso, a criação de «uma rede capilar de solidariedade e apoio aos idosos mais desfavorecidos, que mobilize as autarquias, as instituições de solidariedade social, as forças de segurança, a proteção civil e o voluntariado». Os eleitos do CDS-PP propõem a criação de serviços e voluntariado, transportes e distribuição, apoios sociais e proximidade, proteção e prevenção da população idosa do concelho da Guarda.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta