Coronavírus Sociedade

Câmara da Guarda fecha serviços de atendimento ao público por tempo indeterminado

Escrito por Luís Martins

A Câmara da Guarda determinou esta sexta-feira o encerramento dos serviços de atendimento ao público para evitar o perigo de contágio pelo Covid-19.

A partir de segunda-feira estarão encerrados os serviços municipais em São Vicente, o Balcão Único (Paços do Concelho, São Vicente e São Miguel), o Gabinete de Apoio ao Emigrante, o Gabinete de Apoio ao Munícipe, o atendimento pelo Serviço de Urbanismo, o Serviço Intervenção Social e Educação e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.

A medida abrange ainda os serviços de atendimento ao público do Teatro Municipal, Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, Museu da Guarda, posto de turismo, Museu dos Meios, piscinas municipais, pavilhões desportivos, estádio municipal, campo do Zambito, parque de campismo, Rede Municipal de Centros de Atividades de Tempos Livres e Atividades de Animação e Apoio à Família e canil municipal.

O município esclarece, em comunicado, que continuará a assegurar os respetivos serviços via telefone e “email”. Permanecem em funcionamento o mercado municipal (com restrição de concentração de até 20 utentes dentro do espaço), o mercado municipal de São Miguel, o centro coordenador de transportes e os cemitérios municipais, estando também assegurados os piquetes de água e de saneamento.

«As medidas têm efeito imediato e vigorarão pelo período de tempo que se revelar necessário para assegurar os fins em vista, sendo reavaliadas periodicamente, podendo ser modificadas a todo tempo em função da evolução da situação», acrescenta a edilidade guardense.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta