Região

Requalificação da Escola Sacadura Cabral a concurso por 1,9 milhões de euros

Escrito por Jornal O Interior

Câmara de Celorico da Beira garantiu uma comparticipação financeira de 85 por cento no âmbito do Pacto da CIMBSE

A Câmara de Celorico da Beira abriu o concurso público para a reconstrução e ampliação da Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral, daquela vila, por um preço-base ligeiramente superior a 1,9 milhões de euros.
«Esta intervenção já devia ter avançado há muitos anos, mas devido a atrasos no projeto e aos problemas financeiros da Câmara não foi possível concretizá-la. Mas essas questões estão ultrapassadas e há agora condições para fazer a obra», adianta o presidente do município a O INTERIOR. Segundo Carlos Ascensão, a empreitada também chegou a estar na lista das requalificações da Parque Escolar, mas nunca avançou. A solução está agora no Pacto Territorial da CIM Beiras e Serra da Estrela, que garante uma comparticipação de 85 por cento do investimento necessário, enquanto os restantes 15 por cento serão assumidos em partes iguais (7,5 por cento) pelo município e pela DGESTE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.
«Se não fosse desta forma ainda não era agora que o problema se resolvia, pois tenho sérias dúvidas que o Ministério da Educação fizesse os trabalhos necessários. Celorico da Beira é um pequeno concelho do interior, longe dos grandes centros», lamenta o autarca, que lembra que o município continua em processo de saneamento financeiro. E são muitos, aponta Carlos Ascensão, nomeadamente em termos de isolamento e impermeabilização dos edifícios, da melhoria dos espaços exteriores e interiores ou a remoção das coberturas de amianto «que já deviam ter sido retiradas há muito tempo», considera o autarca, que era professor de Filosofia e Psicologia na Sacadura Cabral antes de ser eleito, em 2017.
«Está prevista uma intervenção significativa na escola, que inclui ainda a ligação ao pavilhão gimnodesportivo, a criação de uma cozinha pedagógica, a melhoria das salas e a aquisição equipamentos e recursos interativos para melhorar o ensino», acrescenta o presidente da autarquia. Atualmente, a Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral tem cerca de 600 alunos matriculados do 5º ao 12º ano de escolaridade, bem como no ensino profissional.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Leave a Reply

Financiamento