Política

Sede do PCP na Guarda vandalizada

Escrito por Catarina Reino

A sede do Partido Comunista Português (PCP), na Guarda, foi vandalizada.

Foi pintada a palavra “vergonha”, nas paredes da sede, com as cores da bandeira da Ucrânia, um ato que pode estar ligado à tomada de posição do PCP em relação ao conflito.

Recordamos que, esta terça-feira, os eurodeputados do PCP votaram contra a resolução do Parlamento Europeu para a condenação da agressão militar russa à Ucrânia.

Sobre o autor

Catarina Reino

Leave a Reply

3 Comentários

  • Primeiro levaram os comunistas,
    Mas não falei, por não ser comunista.

    Depois, perseguiram os judeus,
    Nada disse então, por não ser judeu,

    Em seguida, castigaram os sindicalistas
    Decidi não falar, porque não sou sindicalista.

    Mais tarde, foi a vez dos católicos,
    Também me calei, por ser protestante.

    Então, um dia, vieram buscar-me.
    Nessa altura, já não restava nenhuma voz,
    Que, em meu nome, se fizesse ouvir.

  • Eles não votaram contra a condenação, votaram sim contra o escalar do conflito com o envio de mais tropas e armas, sendo a sua posição tentar resolver de forma pacífica

    • Este PCP é uma vergonha mesmo não sabe distinguir a sua agenda politica e seus interesses…..com as agressões e invasões que estão á vista de todos. Só mesmo avestruzes do tempo dos dinaussauros é que podem agir e votar dessa forma..

Financiamento