Sociedade

Campanha do Banco Alimentar começa esta quinta-feira online e com vales nos supermercados

Escrito por Luís Martins

Arranca esta quinta-feira uma nova campanha de recolha de alimentos do Banco Alimentar, que dura até ao final do mês e desta vez não terá voluntários nos supermercados por causa da pandemia de Covid-19. A iniciativa decorre através de vales nos supermercados e da Internet.

«Porque a ajuda não pode parar, mesmo na impossibilidade de ter voluntários nos supermercados para realizar a já tradicional campanha de recolha de alimentos, os Bancos Alimentares Contra a Fome apelam aos portugueses que, entre 21 e 31 de maio, contribuam fazendo os seus donativos através da Ajuda Vale nas caixas dos supermercados e/ou do portal de doação online», destaca a entidade em comunicado.

Sob o mote “Ajude a preencher este vazio”, a campanha deste ano pretende sensibilizar os portugueses para as «muitas famílias que são afetadas por um cenário de carência alimentar todos os dias, uma situação agora agravada, reforçando a importância do contributo e envolvimento de cada um». A modalidade Ajuda Vale já foi usada em campanhas anteriores, possibilitando a contribuição através de vales de produtos, que estarão disponíveis até 31 de maio nas caixas dos supermercados e as doações também são possíveis através do site de doação online da organização.

Em 2019, os 21 Bancos Alimentares em atividade em Portugal distribuíram 23.382 toneladas de alimentos (com o valor estimado de 31,7 milhões de euros), num movimento médio de 93,5 toneladas por dia útil.

Cerca de 2.400 instituições foram assistidas, e os alimentos entregues a perto de 380 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas, de acordo com os dados da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta