Covid-19 estado de emergência Sociedade

Ano Novo com recolher obrigatório

Natal na rua; passagem de ano em casa

Após a aprovação do Estado de emergência, e se para o Natal se mantêm as medidas leves, o Governo recuou em relação às medidas de confinamento para a passagem de de ano: o Ano Novo vai ter recolher obrigatório a partir das 23h00 de 31 de dezembro e a partir das 13h00 nos dias 1, 2 e 2 de Janeiro. Também os horários da restauração ficam sujeitos a limitações. 

As alterações foram anunciadas esta noite pelo primeiro-ministro, para quem os festejos de Natal têm de acontecer «com o máximo cuidado», estando à mesa «o mínimo de tempo possível», passando o resto do tempo de máscara. Para António Costa «cada um de nós é um risco e o risco é tanto maior, quantos mais formos», asseverou.

O primeiro-ministro diria ainda que «é fundamental» que «se faça o sacrifício no Ano Novo, para que seja mesmo um novo ano», concluiu.

Sobre o autor

Luís Baptista-Martins

Leave a Reply

Financiamento