Região

SEF fiscalizou 60 mil pessoas em Vilar Formoso desde 16 de março

Escrito por Luís Martins

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) controlou 60 mil pessoas em Vilar Formoso desde 16 de março, data em que foram encerradas as fronteiras com Espanha e criados nove pontos de passagem autorizados com o país vizinho.

Desde então agentes do SEF e militares da GNR estão a controlar as entradas em Portugal, tendo fiscalizado mais de meio milhão de pessoas, anunciou o SEF esta sexta-feira. Durante este período foram impedidas de entrar em território nacional cerca de três mil pessoas, «por não se encontrar justificada a necessidade de atravessar a fronteira», e detidas 15 pessoas, lê-se no relatório do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Valença foi o ponto de passagem autorizado com mais registos, ultrapassando os 200 mil pessoas. Caia foi o segundo com mais registos, cerca de 70 mil, seguido de Vilar Formoso, com 60 mil.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta