Região

Ministro diz que não há «risco iminente» de derrocada nas Minas da Panasqueira

Mineiros da Panasqueira em greve no final do mês
Escrito por Jornal O Interior

O ministro do Ambiente e Transição Energética garante que a escombreira com deposição de lamas tóxicas decorrentes da exploração das Minas da Panasqueira «não está com risco iminente de derrocada», de acordo com um estudo do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC).
João Pedro Matos Fernandes falava na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação, na terça-feira, a requerimento do Bloco de Esquerda a propósito do Cabeço do Pião. De acordo com o ministro, é necessário «definir a prospeção geotécnica», ter um «programa de observação» e elaborar «um plano de emergência, rapidamente». Segundo o governante, a «responsabilidade de gestão» dos terrenos pertence à Câmara do Fundão, que assumiu «o território com o ónus daquilo que já lá existia», pelo que quem tem de resolver o problema das lamas tóxicas é aquele município e a empresa Beralt Tin and Wolfram: «Não tenho a menor dúvida que são eles que têm de responder face ao problema e de partilhar a responsabilidade», disse o ministro no Parlamento.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Leave a Reply