Região

Infantário encerra no Fundão «por precaução» após caso de coronavírus em família

Escrito por Luís Martins

Um infantário do concelho do Fundão vai encerrar e estão a ser realizados testes num lar e nos bombeiros, depois de um caso de contágio por covid-19 em cinco pessoas da mesma família, informou no domingo o presidente da autarquia.

«Estamos a falar da primeira vez que há uma rede de contágio dentro da nossa comunidade, mesmo que seja dentro da mesma família, e claro que é uma situação de enorme preocupação enquanto não tivermos todas estas frentes encerradas», disse Paulo Fernandes numa conferência de imprensa realizada ao final da tarde de ontem sobre a situação. Segundo o autarca, foi infetada uma senhora de 60 anos, que sofre de patologias graves, e foram feitos testes à família mais próxima, tendo duas pessoas dado negativo e outras quatro positivo.

Entre os negativos está uma jovem que frequenta a Escola Secundária do Fundão e cujo resultado permitiu afastar a hipótese de encerramento desta escola, acrescentou Paulo Fernandes. Entre os casos positivos estão dois adultos e duas crianças, sendo que um dos adultos é colaborador dos bombeiros do Fundão e o outro trabalha no Lar da Misericórdia, enquanto as crianças frequentam um infantário em Aldeia Nova do Cabo.

Por isso, decidiu-se realizar testes nos bombeiros locais e no Lar da Misericórdia do Fundão, bem como o encerrar «por precaução» o infantário de Aldeia Nova do Cabo e realizar testes a todas as 70 crianças e 30 funcionários que o frequentam. O presidente do município adiantou que 27 bombeiros da corporação foram testados no domingo de manhã, dos quais 11 testaram negativo e os restantes aguardam o resultado.

Os utentes e funcionários do Lar da Misericórdia também já começaram a ser testados, mas este despiste só terminará esta segunda-feira, não existindo ainda resultados conhecidos.

 

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta