Política

«Irei meditar se ainda tenho alguma coisa a dar à Guarda», diz Chaves Monteiro

Escrito por Luís Martins

Carlos Chaves Monteiro vai ponderar se assume o lugar de vereador no novo executivo da Câmara da Guarda após a derrota desta noite nas eleições autárquicas.

«A Guarda falou nas urnas, é algo que irei meditar muito se ainda tenho alguma coisa a dar à Guarda ou não. Daqui para a frente vou para o meu escritório trabalhar porque a advocacia é a minha profissão. Se calhar a política não é para todos, para mim não será», acrescentou o social-democrata, que presidiu à autarquia nos últimos dois anos após a saída de Álvaro Amaro para o Parlamento Europeu.

Chaves Monteiro disse ainda não ter explicação para o resultado: «A verdade é que ou não passei bem a mensagem, ou então não cumpri bem o meu papel. Não consigo compreender, mas alguma explicação haverá para isso. A Guarda decidiu assim e eu respeito». afirmou.

Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

Sobre o autor

Luís Martins

Leave a Reply

Financiamento