Política

Apresentados novamente os candidatos da lista independente

Dsc07053
Escrito por Emanuel Brasil

«Pela Guarda têm a nossa palavra», afirmou Sérgio Costa este domingo na apresentação pública da sua candidatura à Câmara da Guarda.

Numa sessão que reuniu várias centenas de pessoas, na Alameda de Santo André, o candidato independente revelou a sua lista pela segunda vez, que é formada por Maria Luísa Gonçalves, João Nunes, Paulo Monteiro, Diana Monteiro, Amélia Fernandes, Rui Melo, Diana Cruz, António Pereira e Rosário Santos.

Num discurso longo, Sérgio Costa que apresentou também as linhas gerais do Programa Eleitoral, disse que o plano actual para o antigo matadouro é uma mentira por parte de Carlos Chaves Monteiro «que já apresenta como facto consumado a cedência por 50 anos um terreno dos guardenses para um lar privado e não para um hospital. Aquilo para o qual querem ceder o antigo matadouro não é para um hospital privado, mas sim para um lar privado e uma clínica de exames diagnostico e um possível condomínio de apartamentos de luxo».  O candidato mostrou-se ainda preocupado com o estado da saúde na Guarda e comprometeu-se a lutar «por mais médicos e pela construção total da segunda fase das obras» para o Hospital Sousa Martins. Sérgio Costa referiu ainda que a construção Variante dos F’s é «uma realidade, que já espera 20 anos pela sua conclusão», assim como a construção das Variantes da Sequeira e dos Galegos.

Entre as propostas divulgadas, o independente anunciou a intenção de aplicar «a taxa mínima para todas as empresas» e quer ainda reverter o processo do Hotel Turismo para assim implementar um «concurso público de forma límpida e transparente para a sua recuperação». Uma «cidade verde»,  uma «capital do desporto» na zona da Guarda-Gare e ainda revitalizar a Quinta da Maúnça são outras propostas apresentadas pelo independente.

O líder do movimento “Pela Guarda” tenciona ainda disponibilizar apoios para reabilitação do centro histórico, transferir a feira quinzenal para um «novo espaço» entre o Bonfim e a Avenida Rainha D. Amélia e ainda tornar «a Guarda como um concelho de ensino de excelência», mantendo o contacto com todos os agrupamentos de escolas, escolas profissionais e ensino superior.

O movimento independente conta ainda com José Relva na Assembleia Municipal e António Júlio Aguiar é candidato do movimento “Pela Guarda” à Junta de Freguesia da sede do concelho. José Valbom é o mandatário da candidatura, Luísa Santos é a mandatária financeira e José Rodrigues o mandatário da Juventude.

Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

Sobre o autor

Emanuel Brasil

Leave a Reply

Financiamento