Cultura

Ovo de Colombo: Mayra Andrade

Escrito por Jornal O Interior

É uma cantora cabo-verdiana que veio para Lisboa em 2016, após ter vivido em França durante 14 anos. Nascida em Cuba, viajou e viveu em vários países antes de, finalmente, se mudar para Portugal.
Mayra sempre se manteve ligada às suas raízes cabo-verdianas e a sua música é reflexo disso. Por vezes caracterizada como “world music”, recebe influência do género musical tipicamente cabo-verdiano, a morna, do jazz, música brasileira, entre outros. Cinco anos após o seu último álbum “Lovely Difficult”, Mayra lançou um novo projeto intitulado “Manga”. Cantado em português e na língua crioula de Cabo Verde, é uma mistura de influências, das suas aprendizagens e transformações enquanto mulher ao longo dos anos.
Este álbum mais recente traz um novo som que mistura o “afrobeat”, a música urbana e ritmos tradicionais cabo-verdianos. A maioria das músicas são da sua autoria, mas podemos encontrar também alguns temas desenvolvidos por artistas portuguesas como Sara Tavares e Luísa Sobral.
Para além do seu trabalho artístico, Mayra Andrade mantêm um papel ativo na defesa dos direitos da comunidade LGBT em Cabo Verde como embaixadora da campanha da União Europeia “Free and Equal”.

Joana Rebelo

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta