Cultura

Obras da Gulbenkian no Museu da Guarda

Escrito por Jornal O Interior

Um protocolo entre a Fundação Calouste Gulbenkian e o Museu da Guarda está na origem da exposição “Domínios do Olhar”, que será inaugurada esta quinta-feira (18 horas) na cidade mais alta.
Estarão patentes obras de Almada Negreiros, Amadeu de Souza-Cardoso, Robert e Sara Delaunay, Nadir Afonso, Rui Chafes, Helena Almeida e Vítor Pomar, entre outros artistas, que chegam à Guarda no âmbito da iniciativa “Gulbenkian Itinerante” dinamizada para dar a conhecer e divulgar o espólio da instituição lisboeta. Para João Mendes Rosa, diretor do Museu da Guarda e curador da exposição, esta é «uma das melhores exposições do museu nestes quatro anos de utopia». A mostra integra pinturas e esculturas que vão do séc. XVII à contemporaneidade e foram escolhidas pelo Museu da Guarda entre o vasto acervo daquela instituição. A exposição estará patente até 20 de maio. Também esta quinta-feira será inaugurada, na Galeria Evelina Coelho, a exposição de escultura intitulada “Uma árvore é uma escultura à espera de acontecer” do artista plástico alemão Volker Schnüttgen.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta