Cultura

Chaves Monteiro pede ao Governo que crie um teatro nacional na Guarda

Img 20210509 Wa0027
Escrito por Luís Martins

O presidente da Câmara da Guarda desafiou o Governo a criar um teatro nacional na cidade, a partir do teatro municipal, para «realizar o ideal europeu» no interior do país.

Carlos Chaves Monteiro lançou o apelo este domingo à ministra da Cultura «para que dê um sentido efetivo, verdadeiro, real, factual e palpável aos propósitos de descentralização de recursos que presidiu ao lançamento da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses».

«Doutora Graça Fonseca crie um teatro nacional no interior que promova a qualificação dos recursos humanos, a qualificação dos artistas, a qualificação dos agentes culturais do interior do nosso país», defendeu o autarca nas comemorações locais do Dia da Europa, realizadas no âmbito da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027.

“Esse teatro nacional será uma peça fundamental na dinâmica cultural e europeísta da Guarda”, e “será um símbolo de que a prioridade ao interior, anunciada pelo Governo em 2017, na sequência dos incêndios, não é uma falácia que caiu em saco roto”, afirmou.

No seu discurso, o autarca afirmou também que o município pretende afirmar a Guarda como uma cidade intrínseca e assumidamente europeia.

Sobre o autor

Luís Martins

Leave a Reply

Financiamento