Cultura

Américo Rodrigues reconduzido na Direção-Geral das Artes agora em comissão de serviço de cinco anos

Escrito por Luís Martins

O ministro da Cultura nomeou Américo Rodrigues como diretor-geral das Artes (DGArtes), cargo que já ocupava, em regime de substituição, desde fevereiro de 2019, anunciou a tutela esta segunda-feira.

Em comunicado, o gabinete do ministro Pedro Adão e Silva adianta que a nomeação foi feita «na sequência de concurso público desenvolvido pela Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP)», que decorreu entre 27 de maio e 11 de junho de 2021. Por se tratar de um «procedimento concursal urgente, não houve lugar a audiência de interessados», lê-se no site daquela entidade.

Nomeados foram também o subdiretor-geral das Artes Pedro Barbosa e da subinspetora-geral da Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) Sara Medina dos Santos, também «na sequência de concurso público desenvolvido pela CReSAP». Ambos os responsáveis já ocupavam os cargos em regime de substituição.

Segundo o Ministério da Cultura, as três nomeações, «com efeito a 2 de maio último, correspondem a comissões de serviço de cinco anos».

 

Sobre o autor

Luís Martins

Leave a Reply

Financiamento