Sociedade

UBI: Aulas presenciais depois de 1 de junho

Escrito por Jornal O Interior

As aulas teóricas, teórico-práticas, de orientação tutorial e seminário na Universidade da Beira Interior (UBI) poderão começar depois de 1 de junho caso os respetivos docentes considerem imprescindível a presença dos estudantes para efeitos de avaliação ou outras sessões, de acordo com um despacho do reitor António Fidalgo.
Até 31 de maio vai manter-se o regime de ensino à distância, de acordo com o modelo definido pela UBI para retomar as atividades letivas presenciais, que irão decorrer de forma faseada e condicionada. Este plano resulta das audições feitas à Secção Científica do Senado e à Associação Académica (AAUBI) e quando entrar em vigor todas as atividades presenciais obedecerão a regras de segurança. Uma delas é que as turmas deverão ser divididas em turnos para permitir um distanciamento físico adequado e que será necessário o uso de máscara. Deverão também ser organizadas para decorrerem no menor número de dias possível, sendo que os estudantes que justificadamente faltarem terão acesso aos conteúdos digitais. Já quem não pode comparecer às avaliações presenciais (estrangeiros que voltaram aos seus países, alunos dos Açores ou Madeira, ou outros que, justificadamente, não possam deslocar-se) serão avaliados à distância, num modelo a definir pelos professores.
As aulas de ensino prático e laboratorial e trabalho de campo poderão ser retomadas a partir de 11 de maio, numa primeira fase com os estudantes residentes na região ou que não regressaram às localidades de origem. Ainda para evitar aglomerações de alunos em sala, os exames vão decorrer ao longo de três semanas (de 1 a 20 de julho).

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta