Sociedade

«Revolução» científica em curso no Vale do Côa

Escrito por Sofia Craveiro

Os sete projetos de investigação científica, financiados com 2 milhões de euros da primeira edição do Vale do Côa International Research Awards, promovido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, em conjunto com a Fundação Côa Parque, foram apresentados no sábado e vão arrancar até ao final do ano.

«Ao longo de vários anos vamonos comprometer com a abertura deste tipo de concursos, com objetivo de formar um corpo sólido de conhecimento que permita valorizar cientificamente, socialmente e economicamente o território do Vale do Côa», disse Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que participou na sessão realizada no Museu do Côa. Os projetos selecionados vão da área do clima e alterações climáticas à origem da vida e às dinâmicas de interação sociocultural ao longo do tempo, passando pela biodiversidade e recursos biológicos, patrimónios naturais e culturais e pelo desenvolvimento regional sustentável. O objetivo é que permitam «aprofundar o conhecimento, envolvendo investigadores portugueses e estrangeiros que vão trabalhar em articulação com a Côa Parque para valorizar e conceber melhor o território do Vale do Côa», acrescentou o governante.

A pretensão dos agentes envolvidos nestes sete projetos multidisciplinares é fazer do Vale do Côa um «grande laboratório internacional», sendo desenvolvidos pela Fundação Côa Parque, Universidade de Coimbra, Universidade do Minho, Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, Universidade de Aveiro, Instituto Politécnico de Bragança, Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, Universitat Autónoma de Barcelona e Universidad Politécnica de Madrid.

O presidente da Fundação Côa Parque, Bruno Navarro, considerou que estes novos projetos são uma «revolução completa» na forma de olhar para o Vale do Côa como «um verdadeiro laboratório vivo ao dispor da comunidade científica nacional e internacional».

Na sessão contou ainda com a presença da ministra da cultura, Graça Fonseca e vários secretários de estado.

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta