Coronavírus Sociedade

Pensão Aliança fecha portas durante pandemia

Escrito por Luís Martins

A Pensão Aliança, na Guarda, anunciou esta sexta-feira que vai fechar por causa dos efeitos da pandemia do coronavírus.

Num texto publicado na sua página de Facebook, a empresa, que possui restaurante e unidade de alojamento, começa por dizer que «hoje fechamos a porta. Pela primeira vez, em 40 anos, prevemos fechar mais de dois dias seguidos». A gerência da Aliança acrescenta que «fizemos a nossa luta contra este maldito vírus. Aumentámos distâncias; criámos salas de isolamento; redobrámos as limpezas; criámos o “take away”… Ajudámos profissionais de saúde, agentes das forças de segurança, agentes da proteção civil e bombeiros voluntários, dentro das nossas possibilidades, disponibilizando quartos para poderem descansar!»

«Esta batalha é apenas um desafio que esperamos poder recordar mais tarde e ao qual esperamos conseguir sobreviver enquanto pessoas e enquanto empresa», referem os seus responsáveis, segundo os quais «este descalabro que hoje vivemos será, perspetivamos, muito mais difícil com o acentuar das dificuldades financeiras das empresas e das pessoas».

A Pensão Aliança acrescenta que os onze funcionários foram hoje mandados para casa «com todos os salários pagos e com a promessa de que abril será igualmente assegurado», o mesmo garantindo aos seus fornecedores, cujos compromissos «serão liquidados, tal como é habitual, nas datas previstas».

A empresa sublinha ainda que «a justiça deste texto apenas existe se dermos o real valor ao nosso bem mais precioso, a saúde desses mesmos funcionários. Esses que estiveram ao nosso lado, a lutar, a esforçarem-se diariamente para manter aquilo que somos. Agora, vamos dar atenção às nossas famílias. Em breve, muito breve (esperamos nós), cá estaremos todos a festejar e a celebrar a amizade e a saúde. O nosso contributo é, a partir de hoje, ficar em casa. Até já!»

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta