Sociedade

Hospital da Guarda deita para o lixo 20 mil euros em medicamentos

Escrito por Luís Martins

 

Uma avaria detetada tardiamente num dos frigoríficos da farmácia do Hospital Sousa Martins, na Guarda, fez com que fossem deitados para o lixo 20 mil euros em medicamentos. 

Segundo informação do “Jornal de Notícias” online, tratava-se sobretudo de injetáveis, alguns dos quais usados em tratamentos oncológicos. Fonte hospitalar disse ao diário que, «em vez de frigoríficos científicos», o departamento de Farmácia tem aparelhos domésticos que «avariam sem se dar conta por falta de um sistema integrado de monitorização dos aparelhos de frio». 

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda ainda não se pronunciou sobre o caso.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta