Sociedade

GNR desmantela rede de tráfico de droga na Covilhã

Escrito por Luís Martins

A GNR da Covilhã deteve quatro homens por tráfico de droga, falsificação de notas e posse ilegal de armas naquele concelho e no município algarvio de Loulé.

Segundo  o Comando Territorial de Castelo Branco, a operação foi levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal da Covilhã esta quarta-feira na sequência de uma investigação que durava há cerca de um ano e resultou «no desmantelamento de uma rede que se dedicava ao tráfico de estupefacientes». A GNR acrescenta que os suspeitos atuavam de «forma organizada e hierarquizada» na venda direta ao consumidor de cocaína, haxixe, MDMA e cannabis.

Os militares realizaram cinco buscas domiciliárias e duas buscas em veículos, das quais resultou a apreensão de 135 doses de haxixe, 106 doses de cocaína, 51 doses de MDMA, 38 doses de cannabis, uma planta de cannabis, um veículo ligeiro, 141 euros em numerário, 120 euros em notas falsas, oito telemóveis, três moinhos e duas balanças digitais de precisão. A GNR confiscou ainda diversas armas brancas, uma carabina de ar comprimido, uma munição de calibre .50 mm, diversos aparelhos eletrónicos e material para corte, preparação, acondicionamento e consumo de droga.

Com idades entre os 19 e 24 anos, os detidos têm antecedentes criminais por tráfico e vão ser presentes ao Tribunal Judicial da Covilhã esta quinta-feira para primeiro interrogatório, tendo ficado detidos nas instalações da GNR. A operação envolveu militares dos comandos territoriais de Castelo Branco e da Guarda, de diferentes valências, nomeadamente Investigação Criminal, Intervenção, Cinotecnia e ainda com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP), num total de 73 elementos.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta