Sociedade

Distrito da Guarda tem 28 casos ativos de covid-19

Escrito por Sofia Craveiro

Subiu para 17 o número de casos confirmados de infeção por covid-19 relacionados com a festa de aniversário na Guarda, que levou ao cancelamento dos exames presenciais no Instituto Politécnico da Guarda (por terem estado presentes no evento alguns estudantes).

Segundo Ana Isabel Viseu – que sublinha o facto de os dados estarem em constante atualização – dos 17 casos confirmados, 16 estão em internamento. Um destes casos refere-se a uma criança de dois meses, filha de uma aluna do IPG que testou positivo. Há ainda um caso que está a ser acompanhado a partir do domicílio.

A Coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Guarda informou ainda que estão a ser realizados testes e identificadas as possíveis cadeias de transmissão. «A esta hora temos [no total] 28 casos ativos [de covid-19] na região de abrangência da ULS» que inclui 13 concelhos do distrito da Guarda (exclui-se Aguiar da Beira que se insere ao Agrupamento de Centros de Saúde do Dão – Lafões).

No total registaram-se 266 casos positivos de covid-19 desde o início da pandemia na área da ULS Guarda. Este número representa um aumento de 19 casos desde a divulgação do último relatório oficial, revelado na passada sexta-feira. O número de óbitos mantém-se (16 no total), assim como o número de casos recuperados (222). Não há internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos.

Segundo o relatório epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral de Saúde, nas últimas 24 horas registaram-se mais seis mortes por covid-19 em Portugal, um aumento de 0,37% relativamente ao dia anterior. Há 232 novos casos de infeção. Registaram-se ainda mais 149 recuperados.

Desde o início da pandemia já foram confirmados 44.129 casos positivos e 1620 mortes no país devido ao novo coronavírus.

Do total de casos diagnosticados 29.166 já foram dados como curados. Por regiões, Lisboa e Vale do Tejo contabiliza 20.722 infetados (continuando ainda por incluir os 200 casos a mais detetados na semana passada) e 507 óbitos. Com menos casos (17.766), mas com mais mortes (820) surge a região Norte, seguida do Centro, com 4.195 casos positivos e um um total de 248 óbitos. Alentejo e Algarve registaram 15 óbitos cada, com 539 e 663 infetados, respetivamente.

Nas ilhas os Açores tiveram um total de 151 casos e 15 mortes,, enquanto na Madeira se contabiliza 93 casos e nenhuma morte.

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta