Sociedade

Delegação da ANAFRE angariou 87.500 euros para a ULS da Guarda

Escrito por Jornal O Interior

Verba vai ser gasta na aquisição de equipamentos de proteção individual para os profissionais das unidades de saúde da região, uma vez que a ULS já tem ventiladores suficientes

A delegação distrital da Guarda da Associação Nacional das Freguesias (ANAFRE) entregou na sexta-feira um donativo de 87.500 euros à Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda. A verba vai ser usada na aquisição de equipamentos de proteção individual e foi angariada numa campanha que decorreu durante o mês de abril e contou com os donativos de Juntas de Freguesia, particulares, empresas e entidades associativas e religiosas do distrito.
«É um testemunho de gratidão para todos os profissionais que trabalham na ULS», disse João Prata, presidente da Junta de Freguesia da Guarda e membro do Conselho Diretivo da ANAFRE, na sessão de entrega do donativo, que teve lugar no átrio do novo bloco hospitalar. Segundo o responsável, o valor conseguido superou as expetativas dos promotores, que gostariam de ter alcançado o «número redondo» dos 90 ou 100 mil euros. «Ainda assim, 87.500 euros em cerca de um mês foi, de facto, o resultado de uma campanha que nos deixou muito satisfeitos e muito contentes pela resposta solidária que encontrámos», considerou. O autarca congratulou-se com o facto de cerca de metade das Juntas de Freguesia do distrito terem contribuído. «Contámos também os donativos de empresas e particulares, bem como de IPSS e associações locais, o que fez com que esta campanha passasse a ser uma iniciativa da comunidade», acrescentou o presidente da Junta da sede do distrito.
Além de João Prata, esta ação de angariação de donativos, denominada “Solidários com a ULS/Guarda”, foi dinamizada e coordenada pelos autarcas João Amaro (Junta de Gouveia e presidente da mesa da delegação da Guarda da ANAFRE), Bruno Pina (Junta de Vila Fernando, Guarda) e José Rabaça (secretário da Junta de Casal de Cinza, Guarda, e coordenador do conselho diretivo distrital da ANAFRE), tendo sido este último o mentor da campanha. Isabel Coelho, presidente do Conselho de Administração da ULS, agradeceu este apoio que considerou «um gesto maior de uma comunidade que sabe partilhar e ser solidária». A médica garantiu que a verba será gasta na proteção «daqueles que vão cuidar de nós e que estão mais sujeitos à infeção pela Covid-19» através da aquisição de equipamentos de proteção individual (EPI’s), que custam 25 euros cada. «Temos muitas unidades de saúde a funcionar de Foz Côa a Seia e não temos tido folga destes EPI’s, mas também não temos tido falta, felizmente», adiantou Isabel Coelho.
A presidente do CA confirmou também que a ULS já não precisa de ventiladores, uma vez que alguns destes equipamentos foram adquiridos com o donativo do Centro Social Paroquial “Mensagem de Fátima”, que gere o lar de Pínzio (Pinhel) e ofereceu 100 mil euros. Atualmente, o Hospital Sousa Martins dispõe de 20 ventiladores e são aguardados mais três, revelou o pneumologista Luís Ferreira, coordenador da equipa multidisciplinar para a Covid-19 na unidade guardense. A aplicação da verba angariada pela delegação distrital da ANAFRE vai ser «escrutinada» por Bruno Pina, também enfermeiro do Hospital Sousa Martins, que será o elo de ligação à ANAFRE/Guarda, anunciou a presidente do CA da ULS. Na sessão esteve também o vice-presidente da Câmara da Guarda, Victor Amaral, que felicitou os promotores da campanha e afirmou que a cidade e a ULS «têm dado um exemplo nacional» no trabalho para «minimizar os efeitos da pandemia» do coronavírus.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta