Covid-19

Desconfinamento será «a conta-gotas», diz António Costa

Escrito por Luís Martins

O primeiro-ministro disse esta quinta-feira que chegou o «momento que podemos falar com confiança da reabertura progressiva, a conta-gotas, graças ao esforço de todos»

Na declaração ao país e de apresentação do plano de desconfinamento, António Costa alertou que esta reabertura tem de ser feita «com toda a cautela porque situação é pior do que aquela em que estávamos a 11 de setembro e a 4 de maio».

Como regras, mantém-se o dever geral de confinamento da população até à Páscoa, bem como a proibição de circulação entre concelhos nos próximos fins de semana e na Páscoa, entre 26 de março e 5 de abril.

O calendário desta fase vai de 15 de março a 3 de maio. 

A 15 de março – segunda-feira -, reabrem as creches, jardins de infância e escolas no 1º ciclo, o comércio ao postigo, os cabelereiros e barbearias, livrarias, comércio não essencial e outros serviços de estética.

O que abre a 5 de abril:

Sobre o autor

Luís Martins

Leave a Reply

Financiamento