Coronavírus

Paços do Concelho e outras instalações municipais encerradas ao público na Covilhã

Escrito por Luís Martins

A Câmara da Covilhã determinou esta quinta-feira o encerramento «temporário» ao público dos Paços do Concelho, do Balcão Único, do Centro de Ativ’Idades, da biblioteca e piscina, do posto de turismo, dos museus e galerias de arte e da sala de ginástica e balneários do Complexo Desportivo, entre outras instalações e serviços municipais.

A decisão segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde e destina-se à «proteção dos munícipes e dos colaboradores da autarquia», refere a edilidade em comunicado. «Não obstante o encerramento do atendimento ao público presencial, os colaboradores permanecerão nos respetivos serviços, privilegiando-se o contacto via telefone, apresentação de requerimentos através do balcão único digital e por via postal», esclarece a autarquia.

As medidas implementadas resultam também das deliberações do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal das Beiras e da Serra da Estrela e implicam o cancelamento de iniciativas e eventos públicos promovidos pelo município e a não prestação de apoios e concessão de licenças a eventos promovidos por entidades externas. Serão também canceladas as cedências de espaços e transporte em viaturas municipais, inclusive as já concedidas. 

O mercado municipal, a central de camionagem, os silos-auto municipais, os espaços exteriores do Complexo Desportivo e o cemitério continuarão abertos. Estas medidas têm «eficácia imediata» e permanecerão em vigor pelo período de tempo que «se revelar necessário para assegurar os fins em vista, sendo reavaliadas periodicamente, podendo ser modificadas a todo tempo em função da evolução da situação», sublinha a Câmara da Covilhã. 

 

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta