Sociedade

Castanheira abre esta sexta-feira ciclo dedicado às tradições da Quaresma na Guarda

Escrito por Luís Martins

A aldeia da Castanheira acolhe esta sexta-feira (21h30) a primeira atividade do ciclo de celebrações da Quaresma no concelho da Guarda. Trata-se dos “Cantos de Misericórdia e Paixão” que serão entoados pelo grupo da Casa do Povo do Paul (Covilhã) na igreja matriz da localidade.

A iniciativa é promovida pela autarquia em parceria com várias entidades, no âmbito da “Quadragésima – Tradições da Quaresma e da Semana Santa”, que inclui cânticos de “Encomendação das Almas”, música sacra e teatro popular religioso, entre outras. Para dia 13 (21h30) está programado um concerto de música sacra intitulado “Martyrio – Ensemble Renovatio” na igreja da Misericórdia, na Guarda.

A 21 de março terá lugar a iniciativa “Acordai, se Estais Dormindo”, que contempla a entoação de cânticos de “Encomendação das Almas” nas ruas de Videmonte, e a 4 de abril há “Dias de Silêncio” no Marmeleiro, que integra a exposição de pintura “Cores do Sagrado”, música sacra e gastronomia. 

No dia seguinte (21h30), a Sé Catedral da Guarda acolhe um espetáculo de música e teatro sacro pelo grupo Cappella dei Signori, denominado “Sete Estações para Partir, uma para Chegar”. Dois dias depois realiza-se o concerto “O Monte das Oliveiras”, por Cardo Roxo, na catedral da cidade mais alta.

A “Quadragésima” termina a 11 de abril com a representação de uma peça de teatro popular religioso em Pousade intitulada “A Cruz jaz no meu Regaço”. Encenado por Daniel Rocha, o espetáculo é interpretado pela comunidade local.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta