Sem categoria Sociedade

Guarda é a melhor cidade para viver, visitar e fazer negócios nas Beiras e Serra da Estrela

Dsc 8815
Escrito por Efigénia Marques

O ranking anual divulgado pela empresa Bloom Consulting, que analisa a força dos 308 municípios portugueses relativamente a dimensões de negócios, turismo e qualidade de vida, classifica a Guarda como a 45ª melhor cidade para viver a nível nacional e como a nona melhor da região Centro, mantendo as mesmas posições relativamente ao estudo anterior. A liderança no top nacional pertence, aos municípios de Lisboa (em primeiro lugar), Porto (segundo) e Cascais (terceiro). No que diz respeito à região Centro no top nacional, os primeiros cinco lugares são ocupados por Coimbra na primeira posição (5ª a nível nacional), Aveiro em segundo (8ª a nível nacional), Leiria em terceiro (12ª a nível nacional), Viseu em quarto (15ª a nível nacional) e Torres Vedras em quinto (22ª a nível nacional).
Nesta classificação regional, num total de 100 municípios, a Guarda é um dos destaques, ocupando a 9ª posição, sendo o segundo ano consecutivo que faz parte do top 10, logo a seguir vem a Covilhã que ocupa o 10º lugar, descendo duas posições, Castelo Branco (+2) ocupando o 11º lugar e o Fundão (+2) ficando em 19º lugar.
É nos critérios viver, visitar e negócios que o estudo se baseia. No que toca a estes três critérios, está em 8º lugar ao nível de negócios (atração de investimento), também em 8º em novos residentes e em 14º no que toca a visitantes.
Em declarações ao jornal O INTERIOR, o atual presidente da Câmara Municipal da Guarda, Sérgio Costa, afirma que «olhando aos critérios desta análise, bastava que houvesse mais capacidade hoteleira, como o Hotel Turismo e já teríamos uma classificação maior», quanto ao nível de negócios e qualidade de vida evidencia ainda que «cada vez mais é preciso querer e saber melhorar estas condições para que a Guarda esteja a progredir no sentido positivo, os políticos não podem ficar à espera de ver as coisas a acontecer, afinal de contas a população da Guarda votou para que o trabalho seja efetuar mais captação de investimento para o nosso concelho».
Relativamente aos restantes concelhos do município guardense, seguem-se na lista da mesma Região Centro, a autarquia de Seia (25ª posição), Gouveia (47º lugar), Sabugal (56º), Manteigas (61º), Trancoso (63º), Belmonte (69º), Pinhel (75º), Almeida (82º), Figueira de Castelo Rodrigo (83º), Celorico da Beira (84º), Mêda (87º), Aguiar da Beira (90º) e Fornos de Algodres ocupa a cauda da tabela (93ª posição dos 100 municípios da Região Centro e o lugar 275 dos 308 do país) incluindo as duas regiões autónomas. Os temas que tiveram maior subida dos últimos anos na procura são natureza, parques, aventura e ar livre.

Ranking Região Centro

Ranking Região Centro

Sobre o autor

Efigénia Marques

Leave a Reply

Financiamento