Região

Míscaro voltou a ser rei em Aguiar da Beira

Terminada a sexta edição, a organização não tem dúvidas que o Certame Gastronómico do Míscaro, em Aguiar da Beira, veio para ficar e que «é bom para o concelho».
Quem o diz é o presidente da Câmara, segundo o qual o evento que decorreu no fim de semana «à volta do ex-libris que é o míscaro e de outros produtos endógenos, como o mel e a castanha, é bom para que as pessoas conheçam Aguiar da Beira e voltem». Joaquim Bonifácio considera mesmo que «é através dos nossos produtos endógenos que valorizamos toda essa economia familiar e concelhia». A atividade decorreu no pavilhão gimnodesportivo da vila e contou com um espaço gastronómico e um mercadinho agrícola reservado aos produtos locais, como o queijo, enchidos, mel, doçaria e artesanato, além dos cogumelos silvestres e das castanhas. Mas nem só dentro de quatro paredes viveu o certame dedicado ao míscaro: tal como aconteceu em anos anteriores, o trail voltou a ser um dos pontos altos do programa. Depois de no ano passado terem ultrapassado os 300 participantes, a organização adiantou que nesta edição quase se atingiu o meio milhar de atletas e caminheiros.
Joaquim Bonifácio adiantou que a prova pelos trilhos do míscaro contou «com a participação de pessoas de várias partes do país e de Espanha». A cada participante foi também entregue uma árvore «para depois ser plantada numa zona deserta», explicou o edil, confiante de que esta é uma forma de «proteger o ambiente». Durante o fim de semana houve ainda exposições, concursos, provas gastronómicas, workshops e sessões de “livecooking”. Por estes dias, também os restaurantes do concelho foram desafiados a confecionar pratos com os produtos endógenos de Aguiar da Beira, sendo naturalmente o míscaro a iguaria mais procurada e «confecionada de várias maneiras». Além disso, este foi um bom ano para os seus apreciadores, «pois há míscaros em grandes quantidades». O presidente do município acredita que este «é o caminho» para divulgar e apoiar o desenvolvimento do concelho: «É neste tipo de eventos que temos de apostar. Quando todos falam do interior, é através dos que cá vivem que se pode fazer algo por estes territórios», afirmou o autarca aguiarense.

Sobre o autor

Ana Eugénia Inácio

Leave a Reply

Financiamento