Região

Menor de 14 anos foi o autor confesso de incêndio em Granja

Escrito por Sofia Craveiro

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda identificou um menor de 14 anos de idade como «autor confesso de um incêndio florestal ocorrido ao final da tarde de segunda-feira, última, com início na freguesia da Granja», no limite dos concelhos de Penedono e São João da Pesqueira, segundo comunicado enviado a O INTERIOR.

O incêndio consumiu «aproximadamente 0,5 hectare de mato, giestas, algumas árvores e combustíveis finos», apesar da intervenção dos bombeiros, que tiveram também apoio de um meio aéreo. Na nota, a PJ refere que esta intervenção foi decisiva e, que se não tivesse sido tão rápida o fogo poderia ter evoluído rapidamente e colocado em perigo algumas habitações da aldeia de Granja.

O menor, identificado em colaboração com a colaboração da GNR de Moimenta da Beira, «terá atuado num quadro suscetível de evidenciar preocupante tendência de incendiarismo, já que manifesta desejo de ser bombeiro e de apreciar a atuação concreta destes profissionais», lê-se ainda na mesma nota.

Devido à idade do menor, os factos foram encaminhados para o Ministério Público.

 

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta