Região

Manteigas: Assembleia Municipal discute concessão da água da Fonte Paulo Luís Martins

Escrito por Jornal O Interior

A Assembleia Municipal (AM) de Manteigas decide hoje se viabiliza, ou não, o caderno de encargos e o programa do concurso da concessão da exploração da água da Fonte Paulo Luís Martins.

«É um projeto determinante para o futuro de Manteigas pelo potencial de criação de postos de trabalho», considera Esmeraldo Carvalhinho, que recorda que esta área foi a que mais emprego criou no concelho depois dos têxteis. O autarca não adianta mais pormenores sobre o procedimento e espera que a AM seja «responsável» na discussão deste assunto, aprovado por maioria pelo executivo com os votos contra dos dois vereadores do PSD. «Estou em crer que também na AM se constituirá uma maioria responsável para que o processo seja aprovado», disse a O INTERIOR o autarca, que critica a «oposição negativa» dos sociais-democratas. «Esta força política, que governou a Câmara antes de mim e deixou perder a propriedade da água num processo fraudulento, vem agora, de forma demagógica, tentar impedir que se avance com esta concessão», acusa.

O presidente do município recorda que foi no início deste mandato que a autarquia ganhou em tribunal o regresso da posse da água e contra-ataca dizendo que esta posição do PSD é «a sua prova de vida» e do seu putativo candidato, Nuno Soares. «Para eles nunca será momento oportuno para se concessionar a água porque a sua estratégia é de quanto pior melhor», denuncia o edil socialista.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta