Região

Empresário paga 350 euros por 32 cerejas em leilão solidário no Fundão

Escrito por Jornal O Interior

O leilão solidário realizado terça-feira, no Fundão, angariou 350 euros pagos por 32 cerejas.
O lote de duas caixas de 16 unidades cada teve como base de licitação 100 euros, que em menos de um minuto se transformaram em 350 devido aos vários lances dos licitadores presentes no arranque da campanha de 2019 deste fruto emblemático da Cova da Beira. A iniciativa partiu da autarquia, tendo as primeiras cerejas sido arrematadas por Carlos Alegria, empresário que está a investir na construção da Central de Biomassa do Fundão. Tendo em conta o valor pago pelo licitador, o preço de cada cereja deste lote ultrapassa os 10 euros. A verba angariada reverte para a Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental do Fundão e (APPCDM) e irá contribuir para a construção de uma nova estrutura residencial.
«É com muito gosto que estamos a apoiar uma causa solidária e depois estamos a falar de cerejas únicas, com um calibre acima da média, que vão fazer as delícias da minha família», afirmou o empresário Carlos Alegria. Segundo o autarca Paulo Fernandes, as previsões deste ano apontam para uma produção de sete mil toneladas de cerejas no concelho do Fundão.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta