Política

Presidente do CDS-PP diz que medidas do Governo para o interior são «escassas»

Escrito por Luís Martins

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, considera que as medidas anunciadas pelo Governo para a valorização do interior são «escassas» e revelou três ideias do partido para fixar pessoas e empresas nas regiões de baixa densidade.

«Para conseguirmos fixar pessoas no interior, para estimularmos o tecido empresarial e colocarmos a economia a funcionar, é necessário, em primeiro lugar, aplicar um “choque fiscal” que permita a captação de investimento, a criação de emprego e a distribuição de riqueza», disse o líder centrista, que este domingo visitou a feira do queijo de Celorico da Beira.

Outra proposta do CDS-PP é permitir que «as pessoas que residam nestas zonas de baixa densidade populacional possam ter benefícios ao nível do IRS mais vantajosos do que aquelas que vivem nos meios urbanos», acrescentou Francisco Rodrigues dos Santos.

«É também importante que haja investimento público», pois «se não existirem infraestruturas, vias, meios de transporte, centros de saúde, escolas, tribunais, é óbvio que a vida em sociedade torna-se muito mais difícil», sublinhou o presidente do CDS-PP, para quem será ainda necessária uma reforma do sistema eleitoral «que aproxime os decisores políticos dos territórios onde são eleitos».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta