Política

Menos impostos, mais incentivos e «tratamento diferenciado» para o distrito, é o que reivindicam os candidatos na Guarda

Dsc00083
Escrito por Emanuel Brasil

Reduzir impostos diretos e indiretos, majorar incentivos e dar um «tratamento diferenciado» ao interior e ao distrito da Guarda na próxima legislatura foram algumas das ideias ouvidas esta quinta-feira no debate com os nove cabeças de lista às próximas legislativas pelo círculo da Guarda dos partidos com assento parlamentar.

Organizado pelo NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda, O INTERIOR e Rádio Altitude, o tema da sessão era conhecer as propostas para o desenvolvimento económico do distrito da Guarda de Ana Mendes Godinho (PS), André Santos (CDU), Ângelo Videira dos Santos (Iniciativa Liberal), Beatriz Salafranca (PAN), Gustavo Duarte (PSD), João Mário Amaral (CDS-PP), José Marques (Chega), Margarida Bordalo (Livre) e Pedro Cardoso (Bloco de Esquerda).

Além do tema da fiscalidade, os candidatos apresentaram ainda medidas para travar a desertificação, as alterações climáticas e reclamaram mais descentralização, bem com a abolição das portagens. Na abertura do debate, Orlando Faísca, presidente do NERGA, apelou à união dos próximos deputados eleitos pelas regiões do interior para que sejam criadas «políticas de desenvolvimento específicas e para estancar o êxodo de pessoas».

Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o autor

Emanuel Brasil

Leave a Reply

Financiamento