Política

Catarina Martins apela à mobilização dos cidadãos por «causas locais»

Escrito por Luís Martins

«O interior precisa de medidas estruturais, como reabrir serviços públicos essenciais, e ter investimentos no território, na floresta, na agricultura e na ferrovia», afirmou Catarina Martins, na Guarda.

A coordenadora do Bloco de Esquerda inaugurou este domingo a nova sede da estrutura distrital do partido na cidade após ter visitado a feira do queijo de Celorico da Beira.

Na Guarda, a líder bloquista sublinhou que «o que muda o país são as lutas que conseguimos fazer» e apelou aos militantes e simpatizantes do Bloco para que, «em conjunto com as pessoas, se identifique em cada sítio as causas pelas quais se devem unir e lutar». 

A nova sede do BE fica na Avenida Cidade de Waterbury, na Póvoa do Mileu, onde Bruno Andrade, dirigente distrital, afirmou que «é difícil defender as causas do partido no distrito, mas, quando abordamos as pessoas, toda a gente acha que é o Bloco de Esquerda que as defende». Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta