Política

Carlos Condesso é o novo líder da Distrital do PSD

Escrito por Luís Martins

Carlos Condesso foi eleito presidente da Distrital do PSD da Guarda com 688 dos 747 votos registados nas eleições de sábado – estavam inscritos 1.403 inscritos. Registaram-se 39 votos brancos e 20 nulos.

O líder da concelhia de Figueira de Castelo Rodrigo era candidato único à sucessão de Carlos Peixoto, que transita para a presidência da Assembleia Distrital. Carlos Condesso assume as autárquicas de 2021 como prioridade e o objetivo de «ganhar o maior número de Câmaras Municipais possível, eleger o maior número de vereadores, de presidentes de Junta e de membros de Assembleias Municipais».

Com 45 anos, o atual chefe de gabinete do presidente da Câmara da Guarda e também vereador da autarquia de Figueira de Castelo Rodrigo tenciona também realizar um fórum distrital autárquico e criar grupos de trabalho setoriais que «produzam ideias e pensamento político»para dar origem a um documento sobre a temática “Interioridade não pode ser inferioridade”. Tratar-se-á de um “guia” para «implementar um arrojado plano de coesão territorial e demográfico, que possa dar um importante impulso para os próximos programas eleitorais do PSD».

Carlos Condesso tem como vice-presidentes os autarcas de Pinhel e de Celorico da Beira, Rui Ventura e Carlos Ascensão, respetivamente.

 

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta