IPG

Formação do IPG no sucesso de inovação empresarial

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) esteve em destaque num painel subordinado ao tema “Construção de Competências” no âmbito do evento Altran Off Seminar 2018, intitulado “Shapping the Future” realizado a 18 de Outubro em Viseu.
Tratou-se de uma organização da ALTRAN, líder mundial em serviços de engenharia e r&D, em que o Instituto Politécnico da Guarda participou como bom exemplo de inovação formativa pela capacidade de cooperação com a referida empresa no desenho e implementação de programas de formação em áreas de especial relevância para a empresa.
De recordar que o IPG e a ALTRAN foram pioneiros na implementação de Cursos Técnicos de Especialização Profissional, permitindo gerar modelos de articulação entre docentes, investigadores do IPG e técnicos da ALTRAN que intervém diretamente na formação, quer no seu desenho, quer na sua operacionalização e lecionação.
A ALTRAN revelou ter uma enorme satisfação no modelo e resultados alcançados sendo a mesmo evidenciado como um caso de sucesso na inovação da empresa e um modelo a prosseguir e consolidar em diversas áreas de atuação.
Neste contexto o CTESP em Testes de Software vai na sua terceira edição e tem permitido qualificar recurso humanos da região para as necessidades da empresa, que colabora na formação em sala de aula, os acolhe na fase de estágio e já não os deixa sair.
“Esta prática, que está a ser alargada a outras áreas empresariais, permita de uma forma estratégica e coordenada preparar futuros profissionais para o mercado de trabalho, dando respostas efetivas as necessidades da empresas e garantias aos estudantes e suas famílias que o investimento feito tem retorno na sua direta empregabilidade”.
Segundo o Vice presidente do IPG, Gonçalo Fernandes, este modelo de formação “evidencia a capacidade do Politécnico da Guarda e a sua agilidade na construção de soluções ajustadas para as empresas da região, promovendo recursos com formação adequada e numa estratégia de proximidade, apoio contínuo e inovação, que, indubitavelmente, aporta valor às empresas, competitividade territorial e a afirmação do IPG na sua missão de formação e transferência de conhecimento”.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta