Maioria PSD na Câmara da Guarda

Escrito por Jornal O Interior

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) advertiu o presidente da Câmara da Guarda e os quatro vereadores do PSD por causa de um comunicado à imprensa em que os eleitos respondiam ao editorial de O INTERIOR, intitulado “A herança de Álvaro Amaro” e publicado na edição de 18 de abril de 2019. Nesta deliberação a maioria leva um “puxão de orelhas” e é aconselhada, em futuros processos eleitorais, a cumprir «rigorosamente» os deveres de neutralidade e imparcialidade a que as entidades públicas e os seus titulares estão vinculadas. A CNE avisa ainda que devem «abster-se de adotar condutas semelhantes», sob pena de poderem incorrer na prática do crime de violação daqueles deveres.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta