Jacinto Dias

Escrito por Jornal O Interior

O veterano dirigente do PSD foi a carta que Chaves Monteiro tirou da cartola para arrumar politicamente a Câmara da Guarda. O advogado dos quadros do IPG e que nos últimos anos dirigiu o centro distrital de Segurança Social conhece todos os militantes do PSD e vai para a autarquia com a responsabilidade dos recursos humanos, mas na prática terá a função de apaziguar um partido localmente em guerrilha. Será a partir da Câmara que Jacinto Dias vai ter de mostrar o que vale politicamente e até que ponto pode acalmar as águas revoltas de um partido que tem poder, mas não tem liderança e onde todos querem ditar ordens.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta