Desporto

Sp. Covilhã marca passo na IIª Liga

Escrito por Jornal O Interior

Serranos não ganharam um jogo no mês passado e só amealharam um ponto desde 3 de fevereiro, tendo perdido no domingo com o Desportivo de Chaves

O Sp. Covilhã somou este domingo o quarto jogo sem ganhar ao perder em casa com o Desportivo de Chaves por 2-0 na 23ª jornada da IIª Liga. Os comandados de Daúto Faquirá contam três derrotas e um empate desde 3 de fevereiro, vivendo atualmente uma crise de resultados e de exibições.
No domingo, quem aproveitou este mau momento foram os flavienses, que regressaram às vitórias, depois de sete jogos sem vencer. Mas foram os locais que entraram em campo mais agressivos e, logo aos 2’, Rodrigo Martins deu o primeiro aviso com um remate para defesa fácil de Ricardo. Aos 12’ foi Kukula que cabeceou sem perigo e, quatro minutos depois, o guardião transmontano travou um centro remate de Tiago Moreira. Depois desta toada ofensiva inicial o jogo entrou numa toada morna e repartida a meio campo, sem grandes jogadas de interesse. Perto do intervalo, aos 43’, o influente “capitão” do Sp. Covilhã Gilberto teve de ser substituído devido a lesão e os flavienses, inofensivos até aí, aproveitaram logo esta “baixa” de vulto no xadrez serrano e quase marcaram num livre de João Teixeira que rasou o poste aos 45’.
O segundo tempo começou movimentado, com Raphael Guzzo a deixar um aviso logo após o reatamento e, pouco depois, num canto, João Teixeira obrigou Carlos Henriques a esticar-se para evitar o golo. A resposta da equipa beirã surgiu aos 54’, num contra-ataque rápido, com o defesa visitante Hugo Basto a quase marcar na própria baliza ao tentar desviar a bola, sendo salvo pelo poste. Como quem não marca sofre, o Chaves inaugurou o marcador aos 56’, de bola parada. Depois de um canto e muitos toques na pequena área, Raphael Guzzo aproveitou a passividade da defesa serrana para faturar. Os “leões da serra” ainda esboçaram uma reação, mas Kukula desperdiçou uma oportunidade flagrante para empatar a partida. Mais assertivos, os flavienses aumentaram a contagem aos 79’ por André Luís, que tinha entrado três minutos antes, na recarga a um remate de Wagner detido por Carlos Henriques.
O Sp. Covilhã continua estagnado na classificação, ocupando o 8º lugar da geral, com 32 pontos, em igualdade pontual com a Académica, derrotado na deslocação ao terreno do Feirense, e o Leixões, que ganhou no Seixal frente ao Benfica B. Este domingo, os covilhanenses jogam na Cova da Piedade com o penúltimo classificado e têm uma boa oportunidade para dar a volta aos resultados.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta