Desporto

Sp. Covilhã encontra caminho da salvação

Sp. Covilhã
Escrito por Efigénia Marques

Serranos venceram a Académica e beneficiaram das derrotas do Ac. de Viseu e do Trofense para sair da zona de despromoção

O Sp. Covilhã afastou-se da zona de despromoção após vencer a Académica por 2-0 no último domingo, na 29ª jornada da IIª Liga. Os serranos somaram 29 pontos e subiram dois lugares na classificação, para 14º, ultrapassando o Académico de Viseu e o Trofense.
No Santos Pinto, o jogo era de “aflitos” e isso viu-se no primeiro tempo, com os locais a surgirem retraídos e a não arriscarem muito em termos ofensivos. Já a Académica, último classificado e com a vida mais complicada, aproveitou para se instalar no meio-campo adversário, mas sem consequências para a baliza de Navacchio. A exceção aconteceu aos 9’, quando Reko protagonizou a única oportunidade de golo digna desse nome no primeiro tempo, contudo o remate embateu no poste e os covilhanenses não ganharam para o susto.
Na segunda parte, o jogo mudou radicalmente porque o Covilhã regressou das cabinas mais agressivo e mais rematador. No entanto, a Académica foi a primeira a criar perigo, num canto de Fábio Vianna, mas os locais tomaram conta da partida e puseram em sentido a defensiva contrária. Depois de várias ameaças, aos 61’, Diogo Almeida serviu Kukula e o cabo-verdiano rematou forte com a bola a acertar na base do poste. O domínio dos “leões da Serra” intensificou-se e foi premiado aos 76’, num remate de Kukula de fora da área, depois de assistido por Felipe Dini. A bola ainda tocou no poste antes de entrar na baliza.
Aos 84’, o Covilhã aproveitou um erro defensivo da Académica para aumentar a contagem, por intermédio de Felipe Dini, que atirou rasteiro para o fundo das redes de Stojkovic. Estava feito o resultado numa partida que colocou os covilhanenses na órbita da manutenção, no entanto, os comandados de Leonel Pontes estão proibidos de qualquer deslize até ao final do campeonato sob pena de regressarem aos lugares de despromoção. Esta sexta-feira viajam até Chaves para defrontar um candidato à subida à Iª Liga.

_________________________________________________________________________

Ficha de jogo:

Estádio Santos Pinto, na Covilhã

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto)

Árbitros assistentes: Carlos Campos e Hugo Marques

________________________________________________________________________

Sp. Covilhã– 2

Léo Navacchio, Tiago Moreira, André Almeida, Helitão, Lucas Barros (Camilo, 80’), Tembeng, Gilberto, Rui Gomes (Samu, 70’), Diogo Almeida (Arnold, 79’), Felipe Dini (Jorge Vilela, 90’) e Kukula (Jorginho, 89’)

Treinador: Leonel Pontes

Académica – 0

Stojkovic, João Diogo (Guilherme, 89’), Justiniano (Michael Douglas, 89’), Zé Castro, Fábio Vianna, Vasco Gomes, Mimito (Pavlic, 75’), Reko, João Mário (Traquina, 66’), Costinha e Fatai

Treinador: José Gomes

_________________________________________________________________________

Golos: Kukula (76’), Felipe Dini (84’)

_________________________________________________________________________

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Reko (54’), Lucas Barros (63’), Justiniano (66’), Tiago Moreira (69’), Zé Castro (72’), Helitão (72’) e Fatai (86’).

Sobre o autor

Efigénia Marques

Leave a Reply

Financiamento