Desporto

David Rodrigues foi 90º na Volta ao Algarve

Escrito por Jornal O Interior

O guardense David Rodrigues (RP-Boavista) terminou a Volta ao Algarve na 90ª posição da geral, a 33m11s do vencedor, o belga Remco Evenepoel (Deceuninck Quick-Step).
Trata-se de um bom resultado, a meio da tabela, se tivermos em conta que no pelotão da edição deste ano, promovida ao calendário UCI ProSeries e que terminou no domingo em Lagoa, constavam as principais equipas e os grandes protagonistas mundiais da modalidade. Alinharam campeões olímpicos, campeões mundiais, “estrelas” do top 100 do ranking mundial e os melhores ciclistas nacionais, num total de 174 participantes e 25 equipas. O italiano Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo), vencedor da “tripla coroa” do ciclismo – Tour, Giro e Vuelta –, o galês Geraint Thomas (Team INEOS), vencedor da edição 2018 da Volta a França, o holandês Greg Van Avermaet (CCC Team), o colombiano Miguel Ángel López (Astana) e o português Rui Costa (UAE Team Emirates) foram alguns dos nomes sonantes que andaram pelo Algarve no arranque da temporada.
Foram adversários de “outro” campeonato para David Rodrigues, que conseguiu a sua melhor classificação, o 74º lugar, na segunda etapa entre Vila do Bispo e o Alto da Foia, de 183,9 quilómetros. Nas restantes, o guardense foi 153º na primeira tirada, que ligou Portimão a Lagos (195,6 quilómetros), 135º na terceira entre Faro e Tavira (201,9 quilómetros) e 105º na quarta etapa entre Albufeira e o Alto do Malhão (169,7 quilómetros). A prova terminou com um contrarrelógio individual de 20,3 quilómetros, que David Rodrigues concluiu na 134ª posição.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta