Desporto

Ciclismo: La Vuelta já não passa pelo distrito da Guarda

Escrito por Jornal O Interior

A Volta a Espanha, a terceira maior prova do ciclismo mundial, já não vai passar pelo distrito da Guarda, que devia ser atravessado pelo pelotão na penúltima etapa que ligaria Viseu a Ciudad Rodrigo.
Isto porque a organização da Vuelta decidiu cancelar as duas tiradas inicialmente agendadas para Portugal por causa da «imprevisibilidade da pandemia» da Covid-19 e das alterações impostas pelo calendário internacional. A prova vai ter lugar entre 20 de outubro e 8 de novembro, tendo a sua realização sido adiada por causa do protelamento das Voltas a França (de 29 de agosto a 20 de setembro) e a Itália. Mesmo assim, a 75ª Vuelta, com 18 etapas, disputar-se-á cinco dias em simultâneo com Giro, que se realiza entre 3 a 25 de outubro. Inicialmente, a travessia do distrito da Guarda devia acontecer na 19ª etapa, com 177,7 quilómetros. Estavam previstas passagens por Fornos de Algodres, Celorico da Beira, a subida à Guarda antes dos ciclistas rumarem à fronteira de Vilar Formoso e regressarem a território espanhol. Recorde-se que no passado dia 15 de abril a União Ciclista Internacional (UCI) prolongou a suspensão do calendário velocipédico para todas as provas até 1 de julho e para as provas do WorldTour até 1 de agosto.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta